Páginas

17 de agosto de 2013

EM ENTREVISTA VIVALDO FALA DO HOSPITAL DO SERIDÓ, PRO-SERTÃO, DO ATUAL CENÁRIO POLÍTICO E CRITICA NELTER E ROBERTO‏


Quem esteve sendo entrevistado na Rádio Caicó, pelo radialista Sidney Silva, foi o deputado estadual Vivaldo Costa (PR). O Papa Jerimum falou sobre vários assuntos, como sua opinião sobre a municipalização do Hospital do Seridó, O Projeto Pro-Sertão, Assembleia Itinerante, a aproximação do PSB do PMDB, criticou o deputado Nelter Queiroz pelas recentes declarações desfavorecendo o Pro Sertão.

ASSEMBLEIA ITINERANTE E O PRO-SERTÃO

 “Vamos discutir na Assembleia Itinerante o Pro-Sertão, este projeto grandioso, que pretende gerar 20 mil empregos. Este é um pleito de todos os deputados. Temos que pensar grande ao invés de ficar pensando em coisa pequena. Iremos discutir todos os temas de interesse de Caicó e do Seridó. Faremos prestar uma homenagem ao senador Dinarte Mariz, e ao Senador Monsenhor Walfredo Gurgel. Vamos convidar o empresário Flávio Rocha que está disposto a implantar este projeto grandioso, que nasce de uma parceria do público-privado. Na assembleia cultural, vamos prestar um tributo a Dominguinhos, Luiz Gonzaga, reunindo vários sanfoneiros na Assembleia Itinerante.”, disse Vivaldo

RESPOSTA AS CRÍTICAS DE NELTER QUEIROZ

Sobre as recentes declarações de Nelter Queiroz em comparar o Pro Sertão ao Gasoduto, prometido em anos anteriores ao Seridó, Vivaldo foi enfático:
“O deputado Nelter está pensando pequeno, o Seridó não tem espaço pra pensar essa miudeza. Vamos pensar no Seridó, no Trairí, no Rio Grande do Norte. Nelter achava que esse projeto [Pro-Sertão] era algo somente do governo, e fez criticas gratuitas a João Maia, dizendo que quando João foi secretario de desenvolvimento falou muito do gasoduto, que iria trazer ao Seridó, e não deu em nada, disse que o povo do Seridó estava desacreditando dos políticos. Eu retruquei, elegantemente, e disse a Nelter que isso não é verdade porque o povo me deu onze mandatos como deputado e ele [Nelter] com o pai tem mais de dez mandatos. Se o povo não acreditasse nos políticos não teríamos continuado nossa luta em defesa do nosso estado.
E falei que o Pro Sertão não é projeto de Rosalba, da FIERN, do SEBRAE, é sim um projeto da parceria. Quem pensou estrategicamente com a expansão das suas empresas foi Flávio Rocha e isso vai melhorar a economia do Sertão. É a nova redenção econômica para nossa região.

Nenhum comentário: