TV JCN: 12ª CAMINHADA DOS PEREGRINOS DE NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS 2016

12 de julho de 2014

DR. OSMAR DE OLIVEIRA MORRE AOS 71 ANOS


Osmar de Oliveira morreu nesta sexta-feira, às 18h15, no hospital AC Camargo, em São Paulo, vítima de uma parada cardíaca. A informação foi confirmada oficialmente por César de Oliveira, irmão do comentarista esportivo.

“Infelizmente, o Osmar de Oliveira faleceu hoje, às 18h15 vítima de uma parada cardíaca”, disse o irmão do comentarista ao “Portal da Band”.

“A parada cardíaca aconteceu depois de uma complicação de uma hemorragia. Há um mês, ele estava no quarto e tentou se levantar. Com esse acidente, a sonda se prendeu e afetou a bexiga”, explicou.

O local do velório acontecerá a partir das 4h na Assembleia Legislativa de São Paulo. O sepultamento será às 17h no Cemitério São Paulo, em Pinheiros, zona Oeste da capital.

Comentarista e narrador da Band, Osmar de Oliveira estava afastado do trabalho, pois se recuperava de uma cirurgia para retirada de um tumor na próstata, que aconteceu no dia 13 de maio.

Foi a segunda vez que o corintiano desfalcou o programa “Jogo Aberto”. Em julho do ano passado, ele esteve no hospital após sofrer um infarto, e foi submetido ao cateterismo. Além de trabalhar na Band, Osmar era médico ortopedista.

Recentemente, a Band perdeu o narrador Luciano do Valle, que faleceu por conta de um infarto no dia 19 de abril, quando iria cobrir o jogo de Atlético-MG e Corinthians na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Do Valle seria o principal narrador da emissora na Copa do Mundo.

Trajetória

Osmar de Oliveira estava na Band desde agosto de 2007, na sua terceira passagem pela emissora. Na TV Bandeirantes foi narrador do “Show do Esporte” na equipe comandada por Luciano do Valle.

A trajetória de Osmar de Oliveira como jornalista se deu quando ainda fazia o curso de medicina na PUC-SP de Sorocaba. Ao mesmo tempo escrevia para o jornal Cruzeiro do Sul e participava dos programas esportivos da Rádio Cacique. Em 1966, foi redator da revista do Corinthians e do jornal Coringão, já que era corintiano confesso.

Fez curso de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero em São Paulo e trabalhou na Rádios e TV Gazeta, Record, SBT, Globo e Manchete.

Nenhum comentário: